Banco dos EUA pagará US$ 33 milhões por mentir sobre bônus

Publicado: agosto 4, 2009 por Yogi em Capital, Tudo
Tags:,

BBC Brasil

O Bank of America concordou, nesta segunda-feira, em pagar uma multa de US$ 33 milhões (R$ 60,5 mi) ao órgão regulador do governo americano para pôr fim às acusações de que teria enganado investidores sobre o pagamento de bônus a executivos do Merrill Lynch.

O banco privado, um dos maiores dos EUA, assumiu o Merrill Lynch no ano passado para evitar sua falência. A aquisição, completada em janeiro, foi avaliada em US$ 50 bilhões.

Durante o processo de resgate do banco, o Bank of America disse aos seus acionistas que eles seriam consultados sobre o pagamento de bônus a executivos do Merrill Lynch e que nenhum pagamento seria feito sem a aprovação dos acionistas.

No entanto, de acordo com uma acusação feita pela Comissão de Valores Mobiliários (SEC, na sigla em inglês), órgão regulador do mercado de capitais nos EUA, o Bank of America acabou pagando mais de US$ 3,5 bilhões a altos executivos do Merrill Lynch, apesar das perdas de quase US$ 30 bilhões registradas pela empresa em 2008.

O banco não admitiu ou negou as acusações, mas concordou em pagar a multa para pôr fim ao processo.

“O banco acredita que o acordo representa uma conclusão construtiva para esse assunto”, disse o porta-voz da empresa, Scott Silvestri, em comunicado.

A SEC afirmou que, apesar do pagamento, continuará a investigar a questão de bônus a executivos de Wall Street.

Legislação
O Bank of America foi um dos mais afetados pela crise financeira global.

A instituição financeira foi resgatada com o dinheiro do contribuinte americano em 2008 e recebeu US$ 25 bilhões no auge da crise de crédito no ano passado e outros US$ 20 bilhões mais tarde.

Além disso, recebeu ainda garantias de proteção contra perdas em alguns investimentos de risco.

O anúncio sobre o pagamento da multa milionária pelo Bank of America acontece apenas dois dias depois da aprovação de um projeto de lei sobre o pagamento de bônus nos EUA.

Na sexta-feira, a Câmara dos Representantes dos Estados Unidos aprovou um projeto de lei que pretende restringir os pagamentos de determinados tipos de bônus para executivos de bancos e outras instituições financeiras.

Caso entre em vigor, a legislação permitirá que o governo limite o pagamento de bônus que possam estimular que esses executivos assumam riscos excessivos. A nova medida ainda dará aos acionistas das empresas um papel mais importante em decisões sobre estes pagamentos.

A nova legislação, no entanto, foi criticada por representantes da oposição republicana afirmando que a lei “tira das empresas o direito que conduzir seus negócios da maneira como acharem melhor”.

O projeto será agora votado pelo Senado americano, onde sua aprovação é considerada mais difícil.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s