Para conferir e tentar não se impressionar.

Publicado: janeiro 30, 2009 por brunopm em Cinema, Music, Non Sense

Existe uma lenda pinkfloydiana que fala sobre um suposto sincronismo proposital que teria o álbum Darkside com o filme o Mágico de OZ. Pois bem, eu assisti ao filme junto com o álbum e o sincronismo impressiona (Tony também viu). Não vou dizer em quais momentos podemos percebê-lo, pois isso seria influenciar no julgamento. Eis apenas a primeira parte, e quem gostar do vídeo, basta ir no youtube, ele continua de forma numerada, moleza.

A banda não diz nada oficialmente sobre o assunto. Já o engenheiro de som (Allan Parson, da banda The Allan Parson’s Project), afirma categoricamente que não houve qualquer premeditação da banda, alegando que na época seria impossível entrar com o videocassete num estúdio e outros blábláblás. Eu não sei, não era do meu tempo, mas acredito que isso não seria impedimento para pessoas inteligentes, pois basta cronometrar o filme e as músicas (não é necessário gravar vendo o filme).

Enfim, está aí para quem quiser conferir. Acredito que um cigarro e uma dose de uísque ajudem na percepção.

comentários
  1. beatosalu disse:

    Acho que se além do cigarro e whisky, voce usar um LSD puro dá para perceber o sincronismo perfeitamente!

  2. brunopm disse:

    Com LSD vc vê o sincronismo em 3D, heheheheheh.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s