*Um amor de verão…

Publicado: janeiro 22, 2009 por E=m.c² em Arts, Poetry

Enamorar-se,

Exílio ao paraíso
Que me importa se o regresso ferirá
Vivo o porvir no presente

Choro
Sorrio

Habito o globo
Sou como um tolo

Encontro o perdido
Há muito escondido
No armazém da alegria
Parecendo alegoria
Revestindo a fantasia
De alguém que já sofria

Agradeço ser real
Formosa soberana
Serei sua mucama
Levarei café na cama

Despertarei num sussuro
Idílio de um burro
Cego
Surdo
Mudo
Dominado

Simplismente apaixonado

A ti, por quem me pherdy.

*publicado em O PILOTIS JURÍDICO – ano de 2002.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s